Presidente do SEVEÍCULOS integra Grupo de Trabalho em parceria com a ANTT

Nesta semana em Brasília durante o encontro do Grupo Transportando Ideias – GTI, que reúne transportadores de todo o país, foi criada uma comissão para analisar problemas relacionados a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). O presidente do SEVEÍCULOS, Paulo Afonso Espíndola, foi convidado e aceitou o convite e vai atuar ao lado de outras lideranças nacionais do transporte e representantes da ANTT.

O grupo vai discutir demandas entre a agência e o setor de transporte. O primeiro assunto da pauta é relacionado às multas emitidas pelos fiscais da ANTT. De acordo com os empresários elas não devem ser a principal ferramenta dos agentes, a proposta é investir em campanhas de orientação. Antes da criação do grupo, lideranças do GTI exibiram vídeos que mostram os agentes da agência autorizando a passagem de motoristas por causa de filas no acostamento e depois o condutor foi multado.  Além das multas, a proposta do grupo é promover uma aproximação entre ANTT e setor de transporte. A primeira reunião do Grupo de Trabalho deve ser realizada nos próximos 45 dias.

Além da criação do grupo de trabalho foram discutidos outros temas importantes para o transporte. Para o presidente do SEVEÍCULOS, o encontro foi muito produtivo. “Aumento do combustível, necessidade de uma pressão para cima de governo e possíveis paralisações do setor foram alguns dos temas. Neste encontro esteve presente também o Ministro do Trabalho e Emprego Helton Yomura. O GTI convidou o ministro para debater dúvidas sobre a reforma trabalhista”, destacou Espíndola.

O presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de Concórdia – SETCOM Ederson Cesar Vendrame e o presidente da FETRANCESC Ari Rabaioli também estiveram no encontro realizado na última terça-feira (08).

 

Comércio espera aumentar de 5 a 10% as vendas no Dia das Mães

celebração do Dia das Mães e a vontade de presentear esta pessoa tão especial coloca a data festiva como a segunda melhor para o comércio em todo o país. O volume de vendas só perde para o registrado no Natal. O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Itajaí – CDL, Laerson Batista da Costa, destaca que a data é o Natal do primeiro semestre para os lojistas e depois de um 2017 instável economicamente, as expectativas de retomada de vendas e aquecimento da economia local estão voltadas para a venda do Dia das Mães.
Um dado animador vem de uma pesquisa realizada pela Federação das CDLs de SC (FCDL/SC). De acordo com o levantamento feito com empresários de várias cidades catarinenses existe uma expectativa de aumento nas vendas entre 5% e 10% em relação ao ano passado.  O valor médio de gasto com o presente das mães deve ficar entre R$100 e R$150 e na lista dos itens preferidos estão peças de roupas e calçados.  Em Itajaí, a aposta dos lojistas está na campanha promovida pela CDL para estimular as vendas em datas festivas e premiar os consumidores. A Campanha “Compre com sorte no comércio de Itajaí” é uma opção para atrair clientes e vai sortear, carros, motos, bicicletas e vales compras. A lista das lojas participantes e todo o regulamento para participação estão disponíveis no site:www.cdl-itajai.com.br (clique no banner da campanha).
Desde a semana passada a procura pelo presente do Dia das Mães vem movimentando o comércio local, mas um movimento maior é esperado a partir desta quinta-feira. No sábado (12), véspera do Dia das Mães não existe um horário especial de atendimento, no período da manhã as lojas abrem normalmente entre 08h30 até 12h, já no período da tarde é opcional. 

Empresários do setor de transporte participam do Seminário Brasileiro do TRC em Brasília

O XVIII Seminário Brasileiro de Transporte Rodoviário de Carga – TRC reuniu em Brasília lideranças do setor de várias regiões do país, entre elas representantes do Sindicato das Empresas de Veículos de Transporte de Carga e Logística de Itajaí e Região – SEVEÍCULOS. Participaram também parlamentares, autoridades governamentais, técnicos especializados no setor e sociedade geral. O Seminário promovido pela Comissão de Viação e Transporte da Câmara dos Deputados e NTC & Logística trouxe para o debate alguns dos problemas enfrentados pelos empresários do setor como: riscos associados à reforma do PIS/COFINS, roubo de carga, Portaria nº 33/2018 PGFN – Bloqueio de Bens, penhora online e soluções legislativas.

Para o presidente do SEVEÍCULOS, Paulo Afonso Espindola, todos os temas debatidos no encontro são importantes e precisam da articulação de representantes políticos e da pressão dos empresários em todas as regiões, mas ele destaca um especial, roubo de cargas. O tema fechou o seminário realizado nesta quarta-feira (09). Contou inclusive com a participação do Diretor da Polícia Rodoviária Federal, o Presidente da FETRANSCARGA/RJ, o Delegado de Polícia do Estado do Rio de Janeiro e o Delegado da Polícia Federal. De acordo com dados apresentados no evento, em 2017 foram registrados 25.970 casos de roubo de cargas no Brasil, totalizando um prejuízo de R$ 1,570 bilhões. Em Santa Catarina no ano passado foram 16.059 ocorrências envolvendo roubo e furto. “Esse é um tema importante, precisamos de uma fiscalização rigorosa e atuante. O nosso estado, Santa Catarina conta com uma Divisão Especial que vem fazendo um bom trabalho, mas é necessário um reforço, investimentos para o trabalho dos agentes e uma atuação em todo o território nacional. Não pode ser um trabalho isolado por região. O crime deve ser combatido em todo o país e os responsáveis punidos”, finalizou Paulo.

Durante o debate sobre o que pode ser feito para combater este tipo de delito no Brasil foram apresentadas algumas demandas como a efetiva implantação do “Sistema Nacional de Prevenção ao Furto e Roubo de Veículos e Cargas”; a aplicação da Lei 12.977/2014, que regula o funcionamento e a fiscalização das empresas de desmontagem de veículos automotores; a aplicação a Lei 9.613/98, nas situações de receptação de cargas; a elaboração de legislação própria relativa à cassação do registro no cadastro do ICMS e o aperfeiçoamento na legislação atual para combater de forma eficaz os delitos praticados contra cargas e veículos.

Câmara de Desenvolvimento da Indústria da Pesca busca apoio para empresas da região

Pensando em facilitar a vida das indústrias pesqueiras, a Câmara de Desenvolvimento da Indústria da Pesca da FIESC promoveu nesta semana um evento no SINDIPI, em Itajaí. A reunião realizada no auditório da entidade foi liderada pelo presidente da Câmara, André Luiz Dutra Matos, e contou com a presença de empresários das indústrias pesqueiras associados ao sindicato, técnicos das empresas e representantes de lideranças do SENAI e SEBRAE.  
 
Segundo o presidente da Câmara, André Matos, a ideia de promover uma reunião com as duas entidades ligadas a FIESC acontece em um momento importante, onde o setor precisa de apoio técnico, suporte de profissionais capacitados e uma estrutura local para atender as demandas das indústrias pesqueiras, principalmente aquelas ligadas à análise de qualidade de alimentos. “Hoje as indústrias contam com o serviço de laboratórios de fora do Estado para realizar análise de produtos. São empresas em São Paulo e Pernambuco, por exemplo, credenciadas ao Ministério da Agricultura. Uma distância e custo que poderiam ser minimizados se as amostras fossem encaminhadas para um laboratório em Santa Catarina. Uma estrutura que existe, mas que hoje não é usada, por isso o convite foi feito ao SENAI que mantém no Estado um laboratório de tecnologia de alimentos, localizado em Chapecó, no oeste de SC”, finalizou André.
 
O trabalho do laboratório de tecnologia de alimentos do SENAI foi apresentado pelo Diretor da Unidade SENAI Chapecó,  Almeri Dedonatto. “Para o setor pesqueiro, este nosso trabalho envolve principalmente questões de controle de qualidade através de ensaios laboratoriais, físico-químico e microbiológicos para apoiar as indústrias nos seus controles”, finalizou Almeri. O laboratório integra o Instituto de Tecnologia em Alimentos. Uma entidade credenciada ao Ministério da Agricultura e Inmetro.
 
Além da parte de qualidade, uma preocupação da Câmara foi garantir aos participantes da reunião a possibilidade de contar com o apoio de uma entidade focada no desenvolvimento de micro e pequeno porte, por isso a vinda do SEBRAE. A intenção é proporcionar ao setor pesqueiro ferramentas para a uma gestão saudável das empresas consolidadas no mercado e um auxílio para os futuros empresários.

Inteligência emocional: técnica para lidar com o que sentimos

Se dissessem a você que o segredo do sucesso não está diretamente ligado a ter um alto QI – Quociente de Inteligência – e sim, em saber controlar seus sentimentos, ter Inteligência Emocional? Essa característica pode transformar o indivíduo em um ser humano de destaque, seja na vida profissional ou pessoal.

Evidente que ter habilidade racional, como ser bom em matemática ou utilizar a lógica, é um quesito positivo, mas por trás dessas características está a emoção. Isso porque, ao identificar suas emoções a tendência é que a pessoa consiga refletir e resolver conflitos que vivencia, com mais facilidade, podendo controlar seus impulsos, ou seja, avaliar e reconhecer seus sentimentos.

Mas alcançar a Inteligência Emocional exige treino e conhecimento. Para o professor Leandro Bova, que dará um curso focado no tema, o processo deveria iniciar na infância. Ele ressalta que muitos pais geram situações nos filhos que os deixam inseguros, com medo. “A educação tradicional não foca o desenvolvimento emocional, em geral, busca aprimorar a lógica das crianças, estimulando o racional. Dessa forma, chegamos a fase adulta sem termos educado esse outro lado, um aspecto fundamental”, diz Bova.

O trabalho do professor desenvolve, primeiramente, o autoconhecimento. O indivíduo descobre que nem sempre os sentimentos que geram “angústia” são negativos, a exemplo da ansiedade, que serve de alerta para que siga com cautela para evitar problemas. Demonstrando, novamente, um aspecto da inteligência emocional.

Saber controlar seu sentimento e dominá-lo, hoje, é fundamental para liderar e resolver questões cotidianas. “O treinamento das emoções pode dar um potencial de ganho fantástico às pessoas. As empresas estão buscando profissionais com maior inteligência emocional, já que o ambiente profissional fica mais saudável e consequentemente mais produtivo””, afirma o professor.

Além de melhorar sua própria qualidade de vida, ter Inteligência Emocional acaba proporcionando um convívio mais pacífico, compreensivo, sem tantos julgamentos, melhorando, quem sabe, a intolerância que hoje existe na sociedade.

Quem quiser conhecer mais sobre Inteligência Emocional, treinar esse aspecto ou até mesmo captar as técnicas para transmitir nos consultórios, pode entrar em contato com o professor Leandro Bova. Nos dias 19 e 20 de maio e 23 e 24 de junho, o professor dará um curso completo e cheio de sabedoria sobre este tema, em São Bento do Sul e a ideia é expandir a temática para cidades de todo o estado catarinense. Será no Hotel Serra Alta. Mais informações: 47 9 9935 9802. As inscrições estão abertas.

Barroso confirma novas contratações para a série B do Catarinense

A semana começa com novidades no Estádio Camilo Mussi, em Itajaí. A Direção de Futebol do Almirante Barroso acertou a vinda de dois reforços para a disputa da série B do Campeonato Catarinense.  São atletas conhecidos, com experiência e passagem por grandes clubes do Brasil como Fluminense, São Paulo, Santos.  Os dois jogadores chegam para reforçar a zaga e o ataque do time. Na zaga o reforço é o jogador André Luiz, ex-Santos, passagem pelo Benfica e pelo Hercílio Luz, de Santa Catarina. “Eu vim com o objetivo e o intuito de subir o time. Então, agora é trabalhar e colocar em prática todos os meus objetivos. Além disso, quero ajudar os mais novos que estão começando,” destacou André.

Já para o ataque, o Barroso acertou com o Brasão, jogador que no ano passado defendeu as cores do Camboriú e até agora estava defendendo o Lagarto, do Sergipe. “Eu vou viver intensamente e respirar a série B do Catarinense. Tudo o que a diretoria está fazendo é válido. O Barroso é um clube que merece subir, e eu vou fazer de tudo para dar este acesso ao Barroso”, finalizou Brasão. Os atletas assinaram contrato com o Barroso nesta tarde e a partir desta terça-feira,8, já participam dos treinos.

O acerto para a vinda dos atletas foi realizado neste final de semana pelo presidente de futebol do Clube Hudson Moura e a Diretoria Executiva do Almirante Barroso. “Foram algumas semanas de conversas e negociações para trazer estes dois jogadores para o nosso elenco. Acredito que a experiência destes atletas com passagem por grandes equipes, incluindo algumas do nosso estado vai ajudar o Barroso na busca por uma vaga na elite do futebol catarinense.  Buscamos para este momento do Barroso jogadores competitivos que possam somar, trazer conhecimento e estejam comprometidos com a ideia de trabalho do clube’, destacou Hudson.

Barroso mantém invencibilidade na primeira fase do sub-17

O time de Itajaí segue para a semifinal do Sub-17 carregando índices de desempenho que colocam a equipe entre as quatro melhores da competição. Foram 8 jogos, 6 vitórias e dois empates e a liderança isolada com 20 pontos. O último jogo do Barroso antes do começo da semifinal foi realizado neste sábado (05).

 Jogando fora de casa, o Almirante Barroso empatou com o Fluminense de Joinville. A equipe do norte do estado jogava por uma vitória e ainda dependia de outros resultados para ficar entre as quatro melhores. O Fluminense saiu na frente marcando ainda no primeiro tempo. O gol de empate do Barroso veio dos pés de João Vitor, na segunda etapa da partida.

 A partir da próxima semana, o Sub-17 do Barroso inicia a preparação para o jogo de ida da semifinal do campeonato. O Almirante é o único representante de Itajaí a partir desta etapa no catarinense. Manter o desempenho e a trajetória de uma equipe vencedora está entre as metas da comissão técnica e dos jogadores para os próximos jogos. O primeiro objetivo do grupo a classificação para a semifinal foi conquistado de forma antecipada, agora é seguir para o segundo objetivo, a conquista de uma vaga para a grande final do Catarinense Sub-17. Disputam a semifinal, Almirante Barroso, Juventus, Metropolitano e Camboriú.

Câmara de Desenvolvimento da Indústria da Pesca da FIESC promove reunião em Itajaí

A semana começa com debates e busca por soluções para o setor pesqueiro de Santa Catarina. Nesta segunda-feira (07), a partir das 9h a Câmara de Desenvolvimento da Indústria da Pesca da FIESC promove um encontro com armadores e empresários das indústrias associadas ao Sindicato dos Armadores e das Indústrias de Pesca de Itajaí e Região – SINDIPI. Participam da reunião representantes do SEBRAE e do SENAI de Chapecó.

Para o presidente da Câmara, André Mattos o encontro será uma oportunidade para o setor conhecer produtos e serviços que possam auxiliar nas necessidades enfrentadas pelo setor. “O SENAI de Chapecó por exemplo vai apresentar um trabalho de análise de alimentos, um tipo de serviço que as nossas indústrias utilizam. Quando uma empresa de pesado precisa analisar algum produto elas encaminham para São Paulo ou Pernambuco. A intenção é usar o laboratório do SENAI que fica aqui no estado”, destaca André.

Na programação do SENAI estão previstas ainda palestras sobre: “Soluções para as indústrias de Pescado” e “Tendências e Otimização do processamento de Pescados”. A participação do SEBRAE encerra o encontro deste segunda-feira. A reunião será realizada na sede do auditório do SINDIPI.

Restrição do foro privilegiado a parlamentares é o primeiro passo desse processo de mudança

Esta é a avaliação do advogado de Itajaí, que foi o primeiro a defender o fim do foro privilegiado no país

“ A missão ainda não está cumprida, porque ainda existe o foro por prerrogativa de função para juízes, promotores e a regra deve ser mudada para todos, não só para a classe política. O Supremo fez parte do que deveria fazer. E agora compete ao parlamento terminar isso, acabar com esse privilégio para as demais carreiras do Estado”. Essa é a análise do Conselheiro Federal da OAB, advogado de Itajaí e ex-presidente da subseção, João Paulo Tavares Bastos Gama sobre a votação do Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), desta quinta-feira, 03.

A decisão restringe prerrogativa de foro a parlamentares federais, ou seja, a partir de agora os senadores e deputados federais serão julgados pela corte em casos de “crimes comuns cometidos após diplomação e relacionados ao cargo”.

Em maio do ano passado, o advogado de Itajaí foi o primeiro a pedir o fim do foro privilegiado no país. Ele protocolou dois ofícios: uma na Ordem dos Advogados do Brasil e outro no Ministério da Justiça, pedindo o debate para o fim deste privilégio. Em seu entendimento, Gama pontua que se as autoridades cometerem crimes comuns, não há motivos para responderem no Supremo Tribunal Federal.

Barroso vai a Joinville neste sábado enfrentar o Fluminense

Mesmo com 19 pontos e liderando a tabela de classificação, a semana foi de muito treino e foco para a equipe Sub -17 do Almirante Barroso. A meta do técnico Nenê Vannucci é manter o desempenho do time no jogo deste sábado contra o Fluminense, no Caldeirão do Itaum, em Joinville.   Para o jogo da nona rodada, o técnico conta com a volta de Kadu que estava suspenso, mas deve poupar Natan, Maninho e Santino por causa dos cartões amarelos.

Durante esta semana, o técnico analisou o desempenho dos jogadores na partida do último domingo contra o Juventus e optou pelo trabalho mais individualizado dos atletas. Para Nenê, o desempenho coletivo durante o confronto contra o Juventus de Jaraguá do Sul ficou comprometido por causa das falhas individuais, uma situação que não pode se repetir neste sábado.

Desde o começo do campeonato até agora, o Barroso não perdeu. O time de Itajaí é destaque na competição e garantiu a classificação antecipada para a semifinal do Sub-17 do Campeonato Catarinense. O adversário deste sábado está na sexta posição e dos 7 jogos, venceu três, empatou dois e perdeu duas partidas. O jogo em Joinville está marcado para às 15h.