Dia dos avós entra no calendário do comércio em Santa Catarina

            O velhinho de cabelos brancos, que usa bengala, óculos e suspensórios não representa mais a imagem da maioria dos vovôs do século XXI. Com a modernidade, os avós – vô e vó – se atualizaram, estão mais contemporâneos e conectados. Figuras inspiradoras para todas as gerações e que têm dia para serem lembradas: 26 DE JULHO, dia dos avós. Os lojistas de Santa Catarina estão otimistas e preparados para receber filhos e netos à procura de um presente para eles. Em Itajaí, a CDL está com uma campanha para incentivar lojas e consumidores. “nós abraçamos a iniciativa da FCDL para ressaltar essa data especial, que é o dia dos avós. Eles são pessoas especiais nas famílias e merecem esse reconhecimento”, lembra o Presidente da CDL, Laerson Batista da Costa.

            Para as vovós o comércio de rua oferece perfume, acessórios, joia, roupas, sapatos, cosméticos, além de uma infinidade de peças de decoração e objetos para casa. Os vovôs também têm lojas específicas com relógios, roupas, sapatos, cintos, livros e kits masculinos.

            A mudança de comportamento traz presentes que se encaixam para os dois, eles irão adorar! São telefones celulares, tablets, caixas de som e até pacotes de viagem e vales presentes em clínicas de estéticas, afinal o tempo vai passando e os avós buscam ter uma aparência jovem, estão cuidando mais da saúde.  Dados do IBGE mostram que o número de idosos aumentou em 18% nos últimos cinco anos e chegou a 30,2 milhões no Brasil em 2017. Uma demonstração da dimensão de avós que existem no país, sem esquecer que muitos outros ainda nem chegaram aos 60 anos.

            Um ditado diz que ser avô é ser pai em dobro, é como se amasse o filho pela segunda vez de forma mais leve e tranquila. Sentimento recíproco e a ciência recomenda essa convivência. Segundo cientistas da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, os avós com a mente saudável aumentam as chances de sobrevivência dos netos.  Uma troca de experiências, já que os mais jovens trazem novas ideias e visões, enquanto os mais velhos ensinam histórias, o que é enriquecedor.

        Independentemente da idade, de como os avós enxergam a vida, a tradição de dar presentes como forma de carinho em datas comemorativa não muda. Assim como as coisas simples da vida que não estão à venda, como levar as crianças para passear, gastar energia, brincar e se divertir.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *