Lojista aposta nas vendas de Dia das Mães para aquecer o comércio, em Itajaí

O lojista já sentiu a diferença no comércio de Itajaí. Dia das Mães é a data que consegue aumentar o movimento e é por isso, que é considerada o ‘Natal’ do primeiro semestre. Essa é a segunda melhor data para as vendas no comércio e por ser a primeira data forte no ano, a expectativa é que a procura pelas compras fiquem aquecidas nos meses seguintes com as demais datas promocionais que incentivam o consumidor, como Dia dos Namorados e Dia dos Pais.

Com expectativa de crescimento nas vendas em até 5% no comparativo com o mesmo período do ano anterior, o varejo catarinense está otimista com o próximo Dia das Mães. “Esse ano nós temos todos os índices favoráveis, em relação aos três últimos anos, porque tivemos uma defasagem muito grande. Para o Dia das Mães, a perspectiva do tíquete médio é boa e há um índice de crescimento, o que dá ao lojista um incremento maior ao dia a dia”, explica o Presidente da CDL Itajaí, Laerson Batista da Costa,

Um levantamento realizado pela FCDL/SC, em 20 cidades com maior potencial de consumo, a opção de presentes para a data deve voltar aos tradicionais itens para a data, também resgatando perfis identificados em anos anteriores. De acordo com a consulta, vestuários (26,89%), calçados (15,13%) e jóias (13,45%) serão os mais procurados. Outros produtos de maior valor agregado, devem ter menos procura. Nesta lista estão, por exemplo, smartphones (4,2%) e eletrodomésticos (2,52%).

O tíquete médio é de até R$ 100, na avaliação de 37,81%, enquanto 32,77% estimam que o valor médio de compras pode ficar entre R$ 100 e R$ 150.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *