Atleta catarinense busca medalhas inéditas

O velocista Rodrigo P. do Nascimento viaja nesta segunda-feira, 14, para a China, onde irá participar pela primeira vez dos Jogos Mundiais Militares. A 7ª edição do evento vai acontecer entre os dias 18 e 27 de outubro, em Wuhan, na China. O velocista vai disputar a prova individual dos 100 metros e o revezamento 4×100. ” Esta é uma prova nova para mim. Antes da competição, vamos ter um tempo para treinar e conhecer um pouco mais do local. Eu vou buscar apresentar o meu melhor desempenho com a intenção de conquistar um lugar no pódio”, comentou Rodrigo.

A delegação brasileira vai contar com a participação de 349 atletas militares de carreira em 29 modalidades, entre atletismo, boxe, futebol, paraquedismo e tiro esportivo.

De olho nas Olímpiadas de Tóquio, Nayara Furtado compete no RTW Games em outubro

O corpo definido representa o foco e as horas de treino acumuladas no decorrer da carreira que já completa maioridade. No rosto, a expressão concentrada de quem aos poucos retoma as atividades esportivas que tanto ama. É no RTW Games que Nayara Furtado, de 26 anos, sentirá novamente o gosto de uma competição indoor com sangue nos olhos. A jovem atleta é presença confirmada no evento que será realizado no dia 05 de outubro em Itajaí.

Natural de Belém do Pará, Nayara sempre teve facilidade nos esportes. Aos oito anos, foi na natação que ela começou as práticas que no futuro seriam a escolha da sua vida. Com 15, já se destacando, descobriu o remo através de uma colega e ficou em dúvida qual das modalidades fazia seu coração bater mais forte. Nesse momento já ouvia técnicos dizerem que sua estrutura corporal e força fariam dela uma atleta de Seleção Brasileira. Dito e feito: o remo falou mais alto e os títulos chegaram.

Em 2011 Nayara foi vice-campeã mundial de remo indoor na prova de 2km do crash-b nos EUA. Em 2010, no Chile, foi campeã sul-americana. No Paraguai em 2015, Nayara foi bicampeã sul-americana.

Depois de quatro anos impossibilitada de competir, a jovem retoma a rotina intensa de treinamentos, agora representando o Flamengo. O foco de Nayara agora são competições nacionais que ocorrem em outubro deste ano, além do campeonato estadual e brasileiro.  Para o ano que vem, ela visualiza claramente o processo Olímpico e toda a dedicação que será necessária para chegar até Tóquio.

A vinda de Nayara para o RTW mostra o diferencial do evento que está em na 3ª edição. Atletas de alto rendimento unidos pelo crossfit, remo e bike. Uma oportunidade grandiosa para troca de experiências e incentivo na prática esportiva, independentemente do nível de cada participante. Maurício Boabaid, organizador do #RTWGames, ressalta a importância do evento para a região. “O RTW Games é uma competição que vai além de uma confraternização entre modalidades, é uma prova para divulgar a prática esportiva e colocar o estado em um patamar de referência. Estamos na terceira edição, a cada etapa incluímos novidades, iniciativas que garantem o selo de inovação para esta marca. A vinda da Nayara é uma delas. Uma marca forte e vencedora, precisa contar com atletas vencedores”, pontua Maurício.

Em uma das edições do RTW Games, o atleta profissional do Flamengo Matheus Freitas teve o tempo recorde homologado pela Confederação. Nayara se enxerga deixando uma marca parecida na categoria feminina. “Sempre costumo pensar no melhor, se este é o melhor tempo já alcançado nas edições, o objetivo é estabelecer uma nova meta e deixar minha marcar no RTW”, afirma.

Serviço:

O que: #RTW Games
Quando: 5 de outubro de 2019

Horário: A partir 10h
Onde: Vale Auto Shopping – Av. Osvaldo Reis, 2700 – Santa Clara, Itajaí – SC

Importador paga até 10 vezes mais para importar cargas pelo Complexo Portuário de Itajaí

Empresários catarinenses temem que SC perca fatia de mercado importante para outros Estados

 

Em oito anos, as empresas que importam seus produtos pelos Terminais de Uso Privado do Complexo Portuário de Itajaí (APM Terminals e Portonave) acompanham um aumento abusivo dos valores em diversos serviços relacionados a importação ( os maiores valores movimentados nas duas cidades). Porém, nada supera os essenciais como armazenagem e a transferência do contêiner do pátio até o portão do terminal, o chamado Serviço de Segregação e Entrega de Contêineres (SSE).

Em 2011, por exemplo, uma carga avaliada em 100 mil reais custava R$ 260,00 para ficar 10 dias armazenada no terminal de Itajaí (APM Terminals). Hoje, esse valor é de 2.160,00. Em Navegantes ( Portonave), o mesmo serviço custava 320,00 e agora, soma 2.230,00. Valores que deveriam ter como base o IGP-M para ser calculado. O Índice Geral de Preços do Mercado atingiu 70% e não os mais de 700% apresentados nesse período.

Além de não possuir uma tabela limite de valores praticados por terminais de uso privado, o setor contesta ainda a base usada para somar os custos: o valor da carga. Em outros países, as operações são cobradas de forma independentes, sem levar em conta o valor dos produtos que estão em um contêiner, por exemplo.

Há mais de 20 anos o setor dos retro-portuários busca um entendimento com a agência reguladora, responsável por criar as regras, com o intuito de possibilitar uma segurança jurídica, evitando a inviabilização do uso dos TUP’s do Estado.

A esperança das Empresas Operadoras de Terminais Retro-Portuários de Itajaí e Região estava na publicação da Resolução Normativa 34 de 21 de agosto de 2019, da Antaq, mas foi adiada. Isso porque a norma criada para regular a prestação de serviços de armazenagem e movimentação de contêineres nos portos públicos e privados, não definiu o valor limite pela prestação dos serviços. Um prazo de 180 dias foi estipulado pela ANTAQ para adaptação. A expectativa é debater o assunto em uma audiência pública que deverá ocorrer nesse período e a medida seja revista.

 

Foto: Reprodução Internet – Secom Prefeitura de Itajaí

 

 

CDL de Itajaí participa de projeto pioneiro em parceria com a Univali

A CDL de Itajaí inicia neste semestre a segunda etapa de um projeto pioneiro em parceria com a Escola de Negócios da Universidade do Vale do Itajaí (Univali). O intuito da atividade, que envolve os alunos do curso de Administração e de Psicologia, é analisar os desafios de nove organizações parceiras do projeto e propor alternativas para problemas do dia a dia.

Essa é a primeira vez que uma Câmara de Dirigentes Lojistas da região recebe os estudos do projeto de extensão Unibem. O trabalho segue um planejamento feito em etapas. Num primeiro momento, foi realizada uma reunião para mapear as principais necessidades, conhecer melhor os associados e as demandas. A partir disso, foram preenchidas as nove vagas disponíveis com empresas associadas a CDL que tem o objetivo de aprimorar a gestão de negócios do seu estabelecimento.

Agora, a segunda fase tem por objetivo mapear ações assertivas, a partir da percepção da gestão e do seu quadro funcional. Essa etapa é acompanhada pelo Curso de Psicologia, sob a coordenação da Uni Júnior e supervisão da professora Márcia Gisela de Lima.

Inovação, criatividade, visão sistêmica, planejamento e organização, serão alguns dos pontos trabalhados a partir de agora com os associados. Para o Presidente da CDL, Laerson Batista da Costa, o projeto tem sido muito promissor para os lojistas.

“Essa parceria com a Univali é um grande passo para o comércio de Itajaí. Temos um potencial enorme e com o apoio de profissionais trabalhando as reais necessidades do empresário em Itajaí, quem ganha somos todos nós, porque quando o lojista cresce, quem ganha com isso é a economia da nossa cidade”, reforça o presidente da entidade.

A entidade, que hoje conta com aproximadamente 1000 associados em Itajaí, busca uma aproximação efetiva de cada lojista e o Unibem, ao ofertar esse serviço gratuito, vem ao encontro desse objetivo com propostas inovadoras e especializadas.

 

Jornalista corre neste domingo em uma das maiores maratonas do Mundo

Fumante, sedentária e com hábitos alimentares nada saudáveis. Estas eram as características que definiam a jornalista Luana Lemke. Em janeiro de 2016, ela decidiu que não queria mais viver a vida dessa maneira e hoje, com 31 anos, se prepara para correr uma das seis maiores maratonas do mundo, em Berlim.

Foi na corrida que Luana encontrou o real significado da tão falada qualidade de vida. Os costumes mudaram para melhor e foi nesse momento que ela se viu correndo por amor. A primeira competição foi em outubro de 2016, na Corrida da Gomes da Costa e desde então, o currículo só aumenta. São Silvestre, Meia Maratona Internacional de Floripa, Corridas do Bem, Meia Maratona do Rio, Meia Maratona de Blumenau, Corrida Brisas, Maratona Beto Carrero, Maratona Internacional de Floripa, Maratona de Balneário Camboriú.

A Maratona de Berlim, é considerada a corrida perfeita para a quebra do recorde pessoal na distância, mas parecia um sonho distante para Luana. Hoje, faltando 30 dias para embarcar, o sorriso no rosto não esconde a alegria de quem percebe o esforço valendo a pena. “Tive uma rotina sedentária por mais de vinte anos e em três anos e meio sonhava em ser maratonista. Agora, esse sonho que está muito perto de se concretizar”, afirma a atleta.

Itajaí ganha Juizado Especial Criminal e de Violência Doméstica

Os casos de violência doméstica contra a mulher e outros casos da área familiar agora terão uma vara especializada no Judiciário de Itajaí. O aumento significativo destes casos de processos, isto é, dos conflitos que exigem resoluções jurídicas, fizeram com que a OAB Itajaí junto do Ministério Público e da Defensoria Pública solicitassem a instalação do Juizado Especial Criminal e de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. A instalação da Vara aconteceu nesta segunda-feira (23) e foi anunciada pelo presidente do Tribunal de Justiça de SC, o desembargador Rodrigo Collaço.

O presidente da OAB em Itajaí, Renato Felipe de Souza, destacou o tempo recorde da criação do Juizado. “Em apenas 90 dias, o Tribunal atendeu um apelo dos advogados, dos servidores e da população para mais um incremento no atendimento aos jurisdicionados. Essa ação desafoga a 2ª Vara Criminal que, com 9 mil processos, era a unidade com uma grande demanda”, completou o advogado.

A unidade judiciária vai iniciar com 6.458 processos físicos e digitais, sendo 5.024 da competência do Juizado Especial Criminal e 1.434 da violência doméstica e familiar contra a mulher. O responsável pela unidade será o juiz Mauro Ferrandin.

A cerimônia contou com a presença do presidente do Judiciário, desembargador Rodrigo Collaço; do corregedor-geral do foro extrajudicial, desembargador Roberto Lucas Pacheco; do desembargador José Agenor Aragão; do juiz-corregedor Ricardo Rafael dos Santos; do promotor do Ministério Público Paulo Roberto Luz Gottardi; do presidente da OAB de Itajaí, advogado Renato Felipe de Souza; do procurador do município, advogado Gaspar Laus, entre outras autoridades.

Na oportunidade, o presidente do TJSC confirmou a vinda de aproximadamente 12 funcionários, para compor o quadro de funcionários, que está defasado. A OAB de Itajaí tem cobrado bastante a necessidade de mais servidores e ficou feliz com o anúncio feito durante o evento.

Velocista Itajaiense entre os melhores do mundo

O Itajaiense Rodrigo Pereira do Nascimento está preparado para representar o Brasil no Mundial de Atletismo, que começa no dia 27 de setembro, um dia após completar 25 anos de idade.

Rodrigo está na expectativa de trazer para o país uma medalha inédita: a prova mais nobre e disputada do atletismo: os 100m. Além disso, vai em busca do bi no revezamento 4×100m, acompanhado dos velocistas Derick de Souza, Flavio Gustavo Barbosa, Vitor Hugo dos Santos e Paulo André Oliveira.

Nos últimos quinze dias, foram longos os períodos de adaptação para o velocista. Em Bangkok, treinos de duas a três horas por dia e sentindo na pele o calor característico do clima onde as temperaturas variavam de 30º a 32º. A alimentação condimentada, tradicional na região, também foi um desafio a ser superado.

No Qatar, o jovem atleta nascido em Itajaí, busca alcançar os melhores resultados da carreira e voltar para casa com medalhas. O Mundial de Atletismo vai acontecer pela primeira vez no estádio de Khalifa, na capital do Qatar, já apresentado como uma das futuras sedes da Copa do Mundo de 2022.

Transpiedade altera trajeto dos ônibus no bairro Paciência, em Itajaí

A participação da comunidade tem sido importante para a melhoria dos serviços do transporte público, em Itajaí. Pela primeira vez a Transpiedade recebeu da Associação do Moradores dos bairros Km 12, Baia e Paciência um pedido para alteração no itinerário do ônibus no local. A solicitação foi feita através de um ofício e a mudança no trajeto foi definida em uma reunião entre a empresa de transporte público, prefeitura e representantes da comunidade. Os moradores pontuaram a necessidade da circulação do ônibus até o Parque do Agricultor devido à instalação da Unidade Básica de Saúde no local. A implantação desse novo percurso, que aumentará em cerca de 2,5km, por viagem, inicia já na segunda-feira, 16 e vai acontecer em todos os horários que atendem as linhas 901 e 750.

Outra mudança vai acontecer na linha 600 – Santa Regina / Portal II. A partir de agora, no horário de 22h40 (saída Terminal Fazenda) após passar pela Univali , atenderá o bairro Portal I, Portal II e seguirá o trajeto normal até o bairro Santa Regina. A solicitação foi feita pelos alunos da Univali, que finalizam as aulas às 22h30 e utilizam o serviço. O telefone da empresa é o 47 3349 2203.

Transpiedade realiza trabalho de integração com associados da Advir

Nesta segunda-feira, a Transpiedade recebeu associados da ADVIR (Associação dos Deficientes Visuais de Itajaí e Região) para um trabalho de integração. As pessoas com baixa visão ou cegas que ainda não utilizam o transporte público na cidade receberam informações sobre cada espaço dos ônibus que circulam na cidade.

Essa atividade faz parte de uma parceria entre a empresa e a ADVIR e vai continuar nos próximos dias. A etapa seguinte será voltada ao atendimento dos motoristas com os associados.

CDL de Itajaí participa do IV Fórum Nacional do Comércio, em Brasília

Com o objetivo de mostrar a força que o varejo integrado tem no país, será realizado nesta semana o IV Fórum Nacional do Comércio, em Brasília. Uma comitiva comandada pelo Presidente da CDL de Itajaí, Laerson Batista da Costa, participará do evento nos dias 17 e 18 de setembro.

A economia brasileira e a política econômica estarão em pauta durante os dois dias do evento. O assunto é de extrema relevância para todos os setores do Comércio e de Serviços e por essa razão a CDL de Itajaí, contará com a participação de sete pessoas: Gladys Moura Costa, Bento Ferrari, Benício Luiz de Medeiros, Raimundo Costa Saldanha, Marinez Benvides, Mário da Silva. Posteriormente, o conhecimento adquirido será repassado aos associados da cidade.

O tema central desta edição é “A força do setor que movimenta o Brasil”, um assunto que será discutido por todas as cinco regiões do país. A proposta é a troca de informações e experiências para melhorar a articulação institucional e revigorar o setor em todo o Brasil. O IV Fórum Nacional do Comércio, foi criado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e a Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL DF).