Ser reconhecido pelo trabalho desenvolvido dentro de uma empresa ou por colaborar com o crescimento dela, marcou o fim de ano do Celso Antônio. Ele e o colega de trabalho Delvo Rodrigues, ganharam um troféu de reconhecimento por 25 anos de serviço prestado na maior empresa de processamento de pescados da América Latina. Celso veio do Rio de Janeiro com a mudança da empresa para Itajaí: “Lá o processo era bem antigo e com máquinas antigas. Viemos para cá com a promessa de que realmente aqui seria o local do paraíso e não mentiram pra gente, porque aqui é o paraíso ! Temos visto a evolução da Gomes da Costa e ao receber essa premiação meu sentimento é de conquista, realização e vitória”, explica o colaborador.

Em tempos, em que a rotatividade de funcionários balança a estrutura de algumas empresas, valorizar os veteranos é uma grande forma de reconhecimento. Nesta terça-feira (19), mais de 250 colaboradores da Gomes da Costa foram sendo premiados. Com 25 anos de casa, Delvos Rodrigues diz a empresa já é a segunda família dele e deixa um recado para quem busca estabilidade no mercado de trabalho: “É preciso ter comprometimento e vestir a camisa, que sempre vai ter um bom lugar. Eu me sinto feliz e pretendo completar pelo menos mais 25 anos”, conclui.

O programa de reconhecimento valoriza aqueles que fazem a diferença com o comprometimento e atitude no dia a dia da empresa. Além disso, também proporciona aprendizado e troca de conhecimento. Colaboradores com 5, 10, 15, 20 e 25 anos na empresa estão na lista dos premiados.

Mais de 30% dos colaboradores da Gomes da Costa completaram mais de 10 anos de empresa. “Parabenizo a todos os homenageados. Passamos um ano intenso juntos, em que pudemos reforçar os nossos valores, que são: inovação, pessoas, compromisso e qualidade. 2018 está vindo aí e nós esperamos bons resultados”, ressalta a diretora de RH, Rochelli Kaminski.

Os colaboradores tem sido essenciais no desenvolvimento da empresa, que hoje é líder no mercado de processamento de pescados. Os processos tecnológicos e inovações contam com a participação de quem conhece bem os processos da indústria de pescado. Com isso, a Gomes da Costa também reconhece os grupos de colaboradores que apresentam projetos de inovação na empresa. São projetos que melhoram o andamento da empresa e geram economia. As premiações foram entregues pela diretoria e pelo presidente da empresa Enrique Orges. “Quase todas as empresas são parecidas e todas tem ferramentas e equipamentos que nós temos. O que faz a diferença é a força de trabalho, são os funcionários. Hoje a Gomes da Costa é uma marca líder, por causa do jeito que eles encaram o dia a dia e por isso é importante premiar os colaboradores”, conclui o presidente da GDC Alimentos.

Vagas na Gomes da Costa aumentam de 300 para 650:

Desde o início de novembro, a Gomes da Costa está com vagas de emprego em aberto. Cerca de 250 vagas já foram preenchidas, mas para o mês de janeiro a empresa ainda tem disponível outras 400 oportunidades. As contratações são para início imediato e para se candidatar é preciso comparecer em horário comercial na Gomes da Costa, que fica na Rua Eugênio Pezzini, 500, Cordeiros, Itajaí.

Para moradores das cidades de Camboriú e Navegantes, a empresa vai disponibilizar o transporte. Nessas cidades, os candidatos podem procurar a agência de empregos Dinâmica para fazer o cadastro.

Crédito foto: Marcelo Sokal

© 2014 Multimídia assessoria de Imprensa / Todos os direitos Reservados. Lógica Comunicação