Ritual do batismo da primeira canoa havaiana de Itajaí será realizado neste sábado

O batismo de Canoa Havaiana, também conhecida como Va’a, é uma tradição milenar e será reproduzida neste sábado (16), na Praia de Cabeçudas, em Itajaí. Será o batizado da primeira canoa havaiana da cidade usada no Festival de Alma Salgada, o Row To Win Water, evento náutico marcado para maio, que receberá atletas de todo o país. A embarcação foi comprada pelo empresário Maurício Boabaid, proprietário da Studio Remo Game e organizador do Row To Win Water. Quem lembra do filme “Moana: Um Mar de Aventuras”? A Canoa de Itajaí receberá esse nome cheio de significados: “oceano”, “mar profundo”, “ela traz essência divina”

A Canoa Havaiana lembra e retrata boa parte da história do povo da polinésia. Ela foi responsável pelo processo de colonização daquela região, pois era o meio de transporte das pessoas. Para a sua construção eram usadas pedras, ossos e corais como ferramentas e a matéria prima eram árvores e uma vela feita de fibra de coco. Além desta importância, a cultura polinésia atribuiu às canoas um papel de membro integrante da família. Como crença realizavam o batismo da embarcação e escolhiam o nome para a Va’a. Este ritual surgiu porque o povo acreditava que tudo tinha um espírito vivo e quando derrubavam uma árvore para construir a embarcação era preciso pedir perdão.

O passo a passo do ritual de batismo é mantido em segredo pela organização. Mas para integrar as pessoas e fazer uma espécie de imersão na cultura polinésia foi organizada uma programação especial. Neste sábado, 16 de março, a partir das 9h, os moradores de Itajaí e turistas poderão participar de uma oficina de confecção de colares e coroas de flores. Já a partir das 10h30 começa a oficina de dança polinésia. Os participantes vão aprender os passos e uma coreografia para o momento do batismo marcado para às 12h30.

A responsável pelas duas oficinas é a remadora Geórgia Michelucci, que veio de São Paulo para ministrar as atividades. Durante o período da manhã estarão disponíveis também algumas embarcações e stand up. Quem for até o local terá a chance de experimentar com o auxílio de atletas cada uma das modalidades integrantes do Row To Win Water. O festival de Alma Salgada tem o apoio da Prefeitura Municipal de Itajaí e vai acontecer entre os dias 17 e 19 de maio.

Você sabia?

Como acontece o ritual: Em uma cuia de material natural, é misturada a água do mar com água de cachoeira. A água do mar representa o novo universo da canoa, onde ela vai navegar, e a água doce representa a floresta onde as antigas canoas de madeira eram concebidas. Faz-se uma roda circulando as canoas a serem batizadas e cada participante, um a um, pega a cuia com a mistura de águas e derrama um pouco do líquido e de suas boas intenções sobre a canoa. Neste momento, cada um pode falar uma palavra ou frase bonita que irá se integrar ao mana da nova canoa. Faz-se uma oração para canoa e ela é levada ao mar nos braços dos remadores.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *