Posts

Barroso reforça equipe com jogadores vindos de 6 clubes do Brasil e do exterior

Há poucos dias para a estreia na Copa SC, o Clube Náutico Almirante Barroso confirma novos reforços para o elenco. No ataque, além de Andrézinho que renovou contrato depois da atuação no catarinense, o técnico Renê Marques vai poder contar com Dodô vindo do União (PR), Gil que atuava no Avaí, Caio vindo do Diadema (SP), Maycon e Neto, ambos que jogavam no time mineiro Tombense, de onde também veio o volante Natanael. Na mesma posição, Lucas de Sá atuava no Avaí e agora integra o time de volantes do Almirante Barroso junto com Maninho e Luanderson, também indicado como um dos destaques na série B do catarinense. “Queremos estrear com pé direito. A expectativa é boa e estamos no caminho certo”, ressalta Luanderson.

A zaga continua com nomes importantes do alviverde como Victor Hugo, Felipe Silva e Diego, mas também ganhou reforços com Renato que jogava no Spal da Itália e Lincoln de 22 anos. O atleta formado pelo Flamengo foi capitão em todas as seleções brasileiras de base e possui experiência internacional. Lincoln atuou no clube Lorca da Espanha.

“Trouxemos alguns reforços e contamos com atletas que fizeram a série B do catarinense no Barroso e já conhecem a estrutura de trabalho. A competição é jogo a jogo, mas a gente fez algumas mudanças na postura de jogar e acreditamos em uma boa campanha”, explica o técnico Renê Marques.

A estreia do Almirante Barroso na Copa SC será no próximo domingo (16), às 15h30min, contra o Brusque no Estádio Augusto Bauer.

Confira a lista de jogadores do Barroso para a Copa SC:

Goleiros:

Hudson Jr – último clube: Almirante Barroso

Henrique – último clube: Almirante Barroso

Zagueiros:

Vitor Hugo – último clube: Almirante Barroso

Felipe Silva – último clube: Almirante Barroso

Renato – último clube: SPAL (Itália)

Diego – último clube: Almirante Barroso

Lincoln – Último clube: Lorca (ESP)

Laterais:

Paulo Meneses – último clube: Almirante Barroso

Fabian – último clube: Avaí

Rodolfo Gonçalves – último clube: Rio Branco – Acre

Volantes:

Luanderson – último clube: Almirante Barroso

Maninho – último clube: Almirante Barroso

Lucas de Sá – último clube: Avaí

Natanael – último clube: Tombense (MG)

Meias:

João Paulo – último clube: Almirante Barroso

Jairo – último clube: Almirante Barroso

Matheus Paquetá – último clube: Avaí

Juninho – último clube: Avaí

Atacantes:

Andrezinho – último clube: Almirante Barroso

Ian – último clube: Almirante Barroso

Dodô – último clube: União (PR)

Maycon – último clube: Tombense

Neto – último clube: Tombense

Gil – último clube: Avaí

Caio –último clube: Diadema (SP)

Comissão técnica:

Treinador: Renê Marques

Aux.Técnico: Nenê Vannucci

Prep.Físico: Tiago Coelho

Prep.Goleiros: Alex Lima

Massagista: William Frutuoso

Fisioterapeuta: Ciro

Roupeiro: Paulinho

Gerente de futebol: Rômulo Coelho

Estrutura da divisão de Furtos e Roubo de Cargas de SC é apresentada aos empresários do transporte

“Tendo investigação obviamente nós temos prevenção”. Esta foi uma das falas destacadas pelo Delegado Osnei Valdir de Oliveira, da Divisão de Furtos e Roubo de Cargas, durante a passagem por Itajaí nesta quarta-feira (23).  A iniciativa do Sest Senat reuniu empresários da região interessados em conhecer a estrutura da divisão e o trabalho realizado para coibir o crime. Durante a palestra, o delegado Osnei apresentou aos participantes um passo a passo do funcionamento da divisão e os objetivos do grupo que atua em todo o estado de Santa Catarina.

De acordo com o delegado, o foco do trabalho desenvolvido pela divisão é garantir uma redução nos índices desta modalidade de crime. “Aqui no estado, o trabalho é realizado por um grupo pequeno, mas eficiente de policiais. Mesmo com o preparo da equipe é preciso um aumento no efetivo.  A nossa base é Florianópolis, mas os crimes acontecem em Itajaí, Joinville e parte na região oeste. Quando somos acionados precisamos deslocar estes policiais para cada ponto, mas não podemos deixar a nossa base sem policiais para realização das consultas e para as investigações eletrônicas, fundamentais para o sucesso do trabalho da divisão”, destacou Osnei.

O combate e a redução do furto e roubo de cargas de acordo com o delegado impacta em vários setores entre eles a violência, já que muitas vezes este tipo de crime financia delitos relacionado ao tráfico de drogas, na atuação das organizações criminosas e na perda de arrecadação de tributos para o estado, por exemplo. Outro ponto importante destacado pelo delegado e que auxilia na prevenção é a possibilidade de traçar perfis dos criminosos, preferência por cargas, tipo de rotas, regiões mais visadas e quem compra estes produtos.  Mesmo sem ter todos estes dados, algumas análises já foram feitas, entre elas está a afirmação que até o momento a prática destes crimes não tem nenhuma relação com facções criminosas. O Presidente do SEVEÍCULOS, Paulo Afonso Espíndola, acompanhou o workshop e durante a participação elogiou a iniciativa e a importância do Sest Senat para o setor de transporte.